Vai passar

Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está ai, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada “impulso vital”. Pois esse impulso às vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te supreenderás pensando algo como “estou contente outra vez”. Ou simplesmente “continuo”, porque já não temos mais idade para, dramaticamente, usarmos palavras grandiloqüentes como “sempre” ou “nunca”. Ninguém sabe como, mas aos poucos fomos aprendendo sobre a continuidade da vida, das pessoas e das coisas. Já não tentamos o suicidio nem cometemos gestos tresloucados. Alguns, sim – nós, não. Contidamente, continuamos. E substituimos expressões fatais como “não resistirei” por outras mais mansas, como “sei que vai passar”. Esse o nosso jeito de continuar, o mais eficiente e também o mais cômodo, porque não implica em decisões, apenas em paciência.
Claro que no começo não terás sono ou dormirás demais. Fumarás muito, também, e talvez até mesmo te permitas tomar alguns desses comprimidos para disfarçar a dor. Claro que no começo, pouco depois de acordar, olhando à tua volta a paisagem de todo dia, sentirás atravessada não sabes se na garganta ou no peito ou na mente – e não importa – essa coisa que chamarás com cuidado, de “uma ausência”. E haverá momentos em que esse osso duro se transformará numa espécie de coroa de arame farpado sobre tua cabeça, em garras, ratoeira e tenazes no teu coração. Atravessarás o dia fazendo coisas como tirar a poeira de livros antigos e velhos discos, como se não houvesse nada mais importante a fazer. E caminharás devagar pela casa, molhando as plantas e abrindo janelas para que sopre esse vento que deve levar embora memórias e cansaços.
Contarás nos dedos os dias que faltam para que termine o ano, não são muitos, pensarás com alívio. E morbidamente talvez enumeres todas as vezes que a loucura, a morte, a fome, a doença, a violência e o desespero roçaram teus ombros e os de teus amigos. Serão tantas que desistirás de contar. Então fingirás – aplicadamente, fingirás acreditar que no próximo ano tudo será diferente, que as coisas sempre se renovam. Embora saibas que há perdas realmente irreparáveis e que um braço amputado jamais se reconstituirá sozinho. Achando graça, pensarás com inveja na largatixa, regenerando sua própria cauda cortada. Mas no espelho cru, os teus olhos já não acham graça.
Tão longe ficou o tempo, esse, e pensarás, no tempo, naquele, e sentirás uma vontade absurda de tomar atitudes como voltar para a casa de teus avós ou teus pais ou tomar um trem para um lugar desconhecido ou telefonar para um número qualquer (e contar, contar, contar) ou escrever uma carta tão desesperada que alguém se compadeça de ti e corra a te socorrer com chás e bolos, ajeitando as cobertas à tua volta e limpando o suor frio de tua testa.
Já não é tempo de desesperos. Refreias quase seguro as vontades impossíveis. Depois repetes, muitas vezes, como quem masca, ruminas uma frase escrita faz algum tempo. Qualquer coisa assim:
– … mastiga a ameixa frouxa. Mastiga , mastiga, mastiga: inventa o gosto insípido na boca seca …

Por Caio Fernando Abreu

Anúncios

Simples



Queria te dizer palavras simples, que guardariam tudo o que eu sinto… E pelo simples fato de te dizer mais forte ficaria meu sentimento!!

Mas nada que eu diga me parece exato, nada que eu pense tem um sentido claro… Nenhuma canção vai me ajudar a descobrir…

O que aconteceu conosco foi imenso, um sentimento tão intenso que eu não encontro!!
As palavras certas não existem no universo inteiro!

Queria te dizer palavras simples, queria te dizer palavras simples…
Mas as palavras certas não existem no universo inteiro!
As palavras certas não existem no universo inteiro!

Queria te dizer palavras simples, queria te dizer…

Composição: Thedy Corrêa

Da série: Cartas para meu amor…

(…Primeiro e único!)

Nem chegou o Natal, nem é meu aniversário, mas, eu já ganhei o melhor presente!

Mais uma dia de andanças sem rumo de carro!
Mais um dia de risadas, cabeçadas, bobeirites e besteirol!
Mais um dia de comilança, desmemoriamentos e conversas que nem a gente entende!
Mais um dia olhando os cachorros fofos, desençonçados, engraçados e bonachões dos meus vizinhos… Que as vezes me lembram você! =)
Mais um dia de pensamentos, sentimentos, sensações, desejos e um monte de coisa que ninguém nunca vai entender!

Poxa vida… Como eu te amo… Que coisa… [!!!]

Acho que sou melhor nas ações que nas palavras… mas ainda assim, vale registrar:

Obrigada por mais um dia de conquista, descobertas, diálogos, carinhos, enfim… Obrigada por mais um dia ESPETACULAR.

…Poucos segundos pra te achar um gato… Alguns minutos pra sentir que só podia ser do bem, poucas horas pra confirmar isso e muito mais… Lindo, talentoso DEMAIS (não sou puxa-saco, essa afirmação tem muita consistência!!), inteligentíssimo, comunicativo…

…Mais algumas horas e vou descobrindo um pouco mais… O homem mais carinhoso do mundo, tem o sorriso mais cativante do mundo e um beijo que… OH MY GOD!! Mais dias, meses, horas… Cada segundo que eu passo ao seu lado tenho mais certeza de que tenho muita sorte, por ter encontrado alguém tão especial.

Quero continuar te descobrindo sempre, porque com você é assim… Sempre alguma surpresa, uma sensação diferente. Já te falei, mas falo de novo: aquela história de “era feliz e não sabia” do seu lado não rola… Tô muito feliz e consciente disso… Quero te fazer muito feliz! Você merece tudo o que há de melhor em mim… E na vida! Aliás… Meu texto tá repetitivo ao extremo!

TE AMO DEMAAAAIS!!

Monday, December 01, 2008 8:30 AM

Os ensinamentos do Shih…

O Exército,

Procure a autodisciplina para realizar ao máximo os seus objetivos. Você terá de organizar e administrar ordenadamente todas as suas forças interiores para poder atuar com sucesso seguro em direção à meta. Para manter no tempo os resultados obtidos, deverá persistir e ser sempre constante.I Ching Hexagrama: 7

Nome: Shih.

Keyphrase: Integridade e resolução.

Formado pelos trigramas: Terra sobre a água.

Geral: Confiança é a chave para a verdadeira liderança.

Amor: Conflitos podem ser evitado usando sua integridade.

Negócio: Ficar honesto e justo irá ajudar a ganhar o respeito daqueles que trabalham para você.

Pessoal: Disciplina e honestidade devem ser incorporadas na sua abordagem à vida.

Shih diz respeito à disciplina e integridade dentro de tudo o que fazemos. I Ching Shih compara a um exército. Um país sem um exército é vulnerável. Um país com um exército ainda é vulnerável se é indisciplinado e mal conduzido. Mútuo benefício pessoal e não deve ser uma a regra.

Se sou A Água

sou também A Terra…

O segredo…

De alguma maneira, eu não posso acreditar que haja alguma montanha que não posssa ser escalada por um homem que saiba o segredo de tornar sonhos realidade.
Este segredo especial, parece-me, pode ser resumido em quatro C’ s. Eles são: curiosidade, confiança, coragem e constância, e o maior de todos é a confiança. Quando acreditar em uma coisa, acredite em tudo o que o envolve, implícita e inquestionávelmente.
Walt Disney

E eu digo: Quando acreditar em uma pessoa, acredite em tudo o que o envolve, implícita e inquestionávelmente…
Desconfie do destino, acredite em você!!

Sua razão e seu coração são os maiores aliados que você pode ter… Para sempre!